Desperta seu sorriso saudável

ir-ao-dentista

Por que devo ir ao dentista regularmente?

Quando se trata de saúde, nossa atenção precisa sim ser redobrada para que possamos viver em bem-estar. Algumas pessoas acham que a ida ao dentista só é importante no momento em que existe alguma dor ou desconforto nos dentes. Elas chegam, inclusive, a passar anos sem ir a uma consulta odontológica.

Precisamos levar muito a sério a saúde bucal e, por sua vez, a visita ao Dentista, pois seu problema pode ser indolor (ao menos inicialmente) ou de simples percepção, mas se não tratado pode desencadear um doença grave e afetar o funcionamento de seu corpo.

Vamos entender juntos alguns dos motivos que te levarão a ser mais atencioso a procurar regularmente seu dentista e também a jamais abandonar um tratamento.

Vamos prevenir doenças!

A periodicidade de suas visitas te possibilita a descobrir problemas bem mais cedo, como uma cárie ou o princípio de alguma doença, que serão tratados de maneira rápida e efetiva. Assim, o risco de doenças graves ou de perda de seus dentes se torna mínimo.

Este acompanhamento com seu Dentista te ajuda a manter a higiene bucal, realizando limpezas mais profundas que as normais feitas diariamente.

Podemos chamar a atenção também para o câncer bucal, que se desenvolve através de machucados ou sangramentos não curados em até duas semanas. Com as visitas periódicas ao seu dentista é mais fácil perceber tais lesões e fazer o acompanhamento delas. A descoberta da lesão em estado inicial e o tratamento adequado guiarão a um melhor prognóstico e maior sucesso de cura.

“Mas não dói!” – Isso não significa que não há problema

Este erro é comum em pessoas com implantes. Muitas delas imaginam que não precisam mais ir ao dentista por não terem mais dentes verdadeiros. O fato é que a boca não consiste apenas em dentes e ainda nas próteses existe a chance de surgir placas bacterianas. A dor não é sentida, porém o problema tende a se agravar.

O dentista é o único que pode avaliar a saúde de sua boca

Inflamação? Dente quebrado? Lesão na boca? Seu dentista é o único capaz de indicar um tratamento. E é fundamental que ir até o fim dele, seguindo todas as orientações do profissional.

É um perigo essa de você mesmo olhar no espelho para avaliar, mexer e dizer se está bom ou não. Largar o tratamento antes da hora gera o risco de o problema retornar e trazer consequências mais sérias. Portanto, para o seu bem, o ideal é deixar o seu dentista avaliar se há necessidade de continuar o acompanhamento e confiar na opinião de quem estudou anos sobre o assunto para dizer se o tratamento chegou ao fim.

Evite a perda de dentes

Você costuma roer unha? Ou utiliza os dentes para abrir tampas ou cortar fios, etiquetas? Saiba que essas ações criam fissuras quase imperceptíveis e acabam evoluindo para a quebra do dente repentinamente.

Você costuma ranger ou apertar com força os dentes? Este problema se chama Bruxismo e também pode fazer com que os dentes se quebrem.

Alguns maus hábitos são facilmente abandonados, outros são considerados distúrbios e precisam da ajuda de um especialista. A regularidade das consultas é essencial para que o dentista possa notar qualquer alteração, mesmo que pequena. Ele agirá em tempo hábil a fim de evitar a extração de seus dentes.

Tenha compromisso com sua saúde. Visite o Dentista!

Não seja negligente com sua própria saúde. Embora estejamos discutindo os cuidados com a boca, essa parte reflete diretamente na sua saúde em geral. Já marcou a consulta com o dentista? Aproveite para fazer agora, consulte a Rede Credenciada da Ortoclin.


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.