Desperta seu sorriso saudável

Todo mundo sabe da importância de cuidar da saúde, né verdade? Cada vez mais as pessoas estão se conscientizando que alimentação saudável e exercícios físicos formam uma dupla imbatível quando o assunto é viver mais e melhor. Mas não é só isso. Há inúmeros fatores que impactam, diretamente, na qualidade de vida de cada um de nós. A atenção que você dá a sua higiene bucal, por exemplo, pode prevenir, ou não, uma série de doenças ou contratempos que impactam na saúde do nosso corpo. Não negligenciar aquela dorzinha de dente, aquela cárie que pede uma ida ao dentista, mas sempre fica pra depois, aquele mau hálito que uma pastilha segue resolvendo enquanto você aprende a conviver com ele, tudo isso pode significar ou ser a porta de entrada de várias doenças, sabia? Mas isso é assunto pra outro post.
Agora vamos falar sobre um cuidado que tem sido motivo de muitas enfermidades: a saúde mental. Quem nunca ouviu a frase: “mente sã, corpo são”? É exatamente isso. Não adianta cuidar só do corpo, se a alma não vai bem.  Nos últimos anos, têm aumentado os casos de transtornos mentais ao redor do mundo. E a incidência desses transtornos também atinge, em grande escala, a população brasileira. Um levantamento feito pela Vittude, plataforma online voltada à saúde mental, comprovou que cerca de 86% dos brasileiros sofrem com algum tipo de transtorno psicológico, colocando em risco a saúde das pessoas.
Mas o que é saúde mental? Segundo a OMS, é um estado de bem-estar em que o indivíduo consegue, apesar das dificuldades do dia a dia, se sentir bem em relação a si mesmo e às pessoas ao seu redor. Além de ser produtivo e contribuir positivamente com a sociedade.
Quando alguma condição psicológica afeta o humor, a concentração ou o comportamento das pessoas, é possível que ali haja algum tipo de transtorno. Como, por exemplo, depressão e ansiedade, que, atualmente, são as doenças que mais afetam a população. Contudo, é de extrema importância que o diagnóstico seja feito por um profissional, pois só ele poderá mostrar os tratamentos e/ou medicamentos adequados. É aí que entram os psicólogos e psiquiatras. Muita gente ainda tem resistência pra buscar ajuda desses dois profissionais. O preconceito tem levado a negligenciar uma tristeza que não passa ou aquelas crises que fazem o coração acelerar do nada. Tudo por achar que quem vai ao psicólogo é louco, gente problemática e por aí vai uma série de bobagens que têm feito o mundo adoecer. Agora, por exemplo, com essa pandemia do coronavírus. Além do medo de ser infectado, o isolamento social, recomendado pelos especialistas, pode ser um gatilho para o surgimento de transtornos mentais. Por isso fique atento aos sinais que seu corpo e sua mente dão e avalie se você necessita de um acompanhamento profissional.    Ah, e se quiser falar com um médico ou um psicólogo sobre isso, basta acessar o ClinApp e clicar em Doutor Clin, que eles estão lá, disponíveis 24 horas pra te atender. Porque…

Saúde 360º

Todo mundo sabe da importância de cuidar da saúde, né verdade? Cada vez mais as pessoas estão se conscientizando que alimentação saudável e exercícios físicos formam uma dupla imbatível quando o assunto é viver mais e melhor. Mas não é só isso. Há inúmeros fatores que impactam, diretamente, na qualidade de vida de cada um de nós. A atenção que você dá a sua higiene bucal, por exemplo, pode prevenir, ou não, uma série de doenças ou contratempos que impactam na saúde do nosso corpo. Não negligenciar aquela dorzinha de dente, aquela cárie que pede uma ida ao dentista, mas sempre fica pra depois, aquele mau hálito que uma pastilha segue resolvendo enquanto você aprende a conviver com ele, tudo isso pode significar ou ser a porta de entrada de várias doenças, sabia? Mas isso é assunto pra outro post.

Agora vamos falar sobre um cuidado que tem sido motivo de muitas enfermidades: a saúde mental. Quem nunca ouviu a frase: “mente sã, corpo são”? É exatamente isso. Não adianta cuidar só do corpo, se a alma não vai bem.  Nos últimos anos, têm aumentado os casos de transtornos mentais ao redor do mundo. E a incidência desses transtornos também atinge, em grande escala, a população brasileira. Um levantamento feito pela Vittude, plataforma online voltada à saúde mental, comprovou que cerca de 86% dos brasileiros sofrem com algum tipo de transtorno psicológico, colocando em risco a saúde das pessoas.

Mas o que é saúde mental? Segundo a OMS, é um estado de bem-estar em que o indivíduo consegue, apesar das dificuldades do dia a dia, se sentir bem em relação a si mesmo e às pessoas ao seu redor. Além de ser produtivo e contribuir positivamente com a sociedade.

Quando alguma condição psicológica afeta o humor, a concentração ou o comportamento das pessoas, é possível que ali haja algum tipo de transtorno. Como, por exemplo, depressão e ansiedade, que, atualmente, são as doenças que mais afetam a população. Contudo, é de extrema importância que o diagnóstico seja feito por um profissional, pois só ele poderá mostrar os tratamentos e/ou medicamentos adequados. É aí que entram os psicólogos e psiquiatras. Muita gente ainda tem resistência pra buscar ajuda desses dois profissionais. O preconceito tem levado a negligenciar uma tristeza que não passa ou aquelas crises que fazem o coração acelerar do nada. Tudo por achar que quem vai ao psicólogo é louco, gente problemática e por aí vai uma série de bobagens que têm feito o mundo adoecer. Agora, por exemplo, com essa pandemia do coronavírus. Além do medo de ser infectado, o isolamento social, recomendado pelos especialistas, pode ser um gatilho para o surgimento de transtornos mentais. Por isso fique atento aos sinais que seu corpo e sua mente dão e avalie se você necessita de um acompanhamento profissional.    Ah, e se quiser falar com um médico ou um psicólogo sobre isso, basta acessar o ClinApp e clicar em Doutor Clin, que eles estão lá, disponíveis 24 horas pra te atender. Porque no fim tudo o que a gente mais quer é ver você sorrir!

Fonte:
Vittude

https://www.vittude.com/blog/teste-de-depressao/

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.