Desperta seu sorriso saudável

Para alguns idosos, utilizar o smartphone pode ser um grande desafio. São tantos aplicativos que as funcionalidades de antes – efetuar e receber chamadas -, tornaram-se atividades por vezes secundárias. Além de facilitar diversas questões, existem também aplicativos que foram criados pensando no público da terceira idade. Conheça 4 App’s destinados para idosos.
CPqD Alcance
O App CPqD Alcance foi criado com o intuito de atender as necessidades de deficientes visuais e para os idosos que têm uma certa dificuldade para enxergar. O aplicativo possui em uma única interface, facilidades como realizar e receber chamadas, enviar e receber mensagens, consultar a data e a hora, despertador, tocador de música e mais. O Aplicativo está disponível para Android. 

 
Pocket Yoga
Uma das atividades que são recomendadas para idoso e que traz diversos benefícios para o corpo e a mente é a Yoga. Neste app,  Pocket Yoga, o usuário tem acesso a exercícios e, por isso, é indicado quando a pessoa baixar o aplicativo no celular, ela já insira o nível de dificuldade da prática. Dessa maneira, os movimentos a serem realizados serão compatíveis com a sua condição física.  O App está disponível para Android e IOS.
Caixa de remédios
Destinado para aqueles que tomam medicamentos com frequência, o Caixa de remédios auxilia os usuários a não esquecerem de ingerir os comprimidos na hora certa. Além disso, o App traz  informações sobre a composição do produto, contraindicações entre outros conteúdos. Disponível para Android e IOS.

 
Idoso Ativo
O App Idoso Ativo traz um guia de exercícios para auxiliar os idosos a terem uma vida mais saudável. Nele, tem dicas de movimentos e atividades que melhoram a mobilidade de cada pessoa. O App está disponível para Android.

É válido deixar claro que os App’s acima listados não têm o intuito de substituir o apoio de um profissional, apenas de trazer mais praticidade no dia a dia. Faça o download já!…

4 App’s para a terceira idade

Para alguns idosos, utilizar o smartphone pode ser um grande desafio. São tantos aplicativos que as funcionalidades de antes – efetuar e receber chamadas -, tornaram-se atividades por vezes secundárias. Além de facilitar diversas questões, existem também aplicativos que foram criados pensando no público da terceira idade. Conheça 4 App’s…

Saiba mais
Decorrente de vários fatores, o mau hálito é um problema que atinge muitas pessoas. As causas são inúmeras e vão desde a falta de higienização até a problemas estomacais. Existem vários cuidados que podem ser realizados para evitar que aqueles que passam pelo mal sofram por muito tempo. Saiba o que provoca e como contornar: 

 
Causas:
A falta de higienização permite que resquícios de alimentos acabem se acumulando nos dentes, nas gengivas e até na língua fazendo com que as bactérias se proliferem, liberando substâncias químicas com forte odor. Além da maioria dos casos de mau hálito terem origem na própria língua, também existem as causas extrabucais, que podem vir de dentro do organismo, como problemas estomacais. Pessoas que tem problemas com boca seca também apresentam um risco grande de mau hálito, assim como o cigarro e algumas medicações. 

 
Cuidados: 
Para que o mau hálito seja vencido, é necessário manter a higiene bucal diária completa. Nunca esqueça de limpar os seus dentes, gengiva e língua. Adicionar uma alimentação balanceada também contribui, já que, muitas vezes alguns alimentos acabam ocasionando o mau hálito. Qualquer sinal, procure um especialista para te ajudar a combater este problema. 

 

Leia também sobre alimentos que ajudam na saúde bucal …

Você sabe quais as causas do mau hálito?

Decorrente de vários fatores, o mau hálito é um problema que atinge muitas pessoas. As causas são inúmeras e vão desde a falta de higienização até a problemas estomacais. Existem vários cuidados que podem ser realizados para evitar que aqueles que passam pelo mal sofram por muito tempo. Saiba o…

Saiba mais
Saber se relacionar com aqueles que vem para uma consulta pode ser a chave para a fidelização

O que o seu paciente procura ao entrar no seu consultório? O que faz ele voltar para a sua cadeira? Quantas consultas em média ele faz por ano? Você sabe responder todas essas perguntas? Se você não soube responder todas as questões é sinal que talvez você não esteja se relacionando tão bem com os seus pacientes.

É importante ter em mente que para se relacionar com o paciente, além de precisar conhecê-lo, é fundamental ter um bom diálogo e empatia. Uma dica para criar um laço é anotar na ficha dele qualquer pequeno detalhe que o paciente te contar sobre a vida pessoal ou profissional. Dessa maneira, na próxima visita dele, você lê essas observações e já pode engrenar um papo simpático. A impressão do paciente é que o profissional que está cuidando dele é muito atencioso. E isso, sem dúvidas, é um diferencial.

Existem outras formas de se relacionar com o paciente, como, por exemplo, redes sociais. Crie uma página no Facebook e Instagram que você consiga atualizar uma ou duas vezes por semana. O conteúdo pode ser composto por dicas ou novidades da sua área de atuação. Nessas ocasiões, lembre-se que sempre que usar um termo técnico da odontologiade explicá-lo. Além de incluir para que todos entendam, isso também promove o sentimento de que você é uma autoridade no assunto e que merece credibilidade.

Outra ideia é ter no registro de pacientes a data de aniversário deles, dessa maneira você pode mandar um e-mail ou um sms com uma mensagem padrão de felicitações que com certeza será bem recebida. Através do telefone, outra ideia prática é deixar agendado para ligar para o paciente seis meses após a última consulta. Dessa maneira fica mais fácil garantir que, pelo menos, duas vezes por ano seu paciente vai lembrar de marcar um momento para checar a saúde bucal.

Todos essas dicas citadas são formas de contato para construir um relacionamento com o paciente. Quadros caros, equipamentos de última geração e uma clínica enorme podem até ajudar a dar mais conforto e credibilidade para o seu negócio, mas alguns aspectos, como, por exemplo, uma boa relação, são cruciais para fidelizar o seu paciente e, consequentemente, atrair novos. É válido frisar que uma vez que a fidelização é estabelecida isso costuma mudar a percepção de valor do paciente, fazendo com que o preço do tratamento não seja um motivo para ele desistir ou procurar outro dentista.…

Dentista, você conhece e dialoga com o seu paciente?

Saber se relacionar com aqueles que vem para uma consulta pode ser a chave para a fidelização O que o seu paciente procura ao entrar no seu consultório? O que faz ele voltar para a sua cadeira? Quantas consultas em média ele faz por ano? Você sabe responder todas essas perguntas?…

Saiba mais
Oficialmente, o verão acaba no dia 20 deste mês, mas, na prática, parece que a estação permanece por vários meses em diversas cidades. Com o calor, muitas pessoas acabam ingerindo uma grande quantidade de bebidas geladas e picolés para amenizar a temperatura. Mas você sabia que algumas destas práticas feitas no verão pode ser prejudicial para a sua saúde bucal? Saiba como evitar esse problema lendo duas dicas abaixo!

 

 

 	
Prefira ingerir bebidas geladas com canudo


 

Além de dar a oportunidade de surgir uma cárie, por causa da grande quantidade de açúcar que normalmente sorvetes e outras bebidas geladas têm, esse tipo de alimento pode trazer outros problemas. Para quem tem dentes sensíveis, por exemplos, líquidos muito gelados podem trazer o um forte incômodo. Já os sucos cítricos como limão e laranja devem fazer parte da dieta com moderação, uma vez que eles podem estimular uma erosão dentária, fazendo com que a dentina fique exposta o que também pode trazer dor ou desconforto. Uma dica válida e que pode amenizar o fato dos gelados não entrarem tanto em contato direto com os dentes é usar o canudo.   

 

 	
Leve sempre o seu kit de higiene bucal



Pode ser um período de férias, lazer e muita praia, mas as pessoas não devem nunca descuidar da saúde bucal. É comum passar o dia inteiro fora de casa, porém, é necessário levar sempre na sua bagagem a sua escova de dentes, pasta e o fio dental. 

Cuidar da saúde bucal independe das estações. Por isso, deixe a sua higienização em dia e sempre consulte o seu dentista para se manter saudável. …

Cuidados com a saúde no final deste verão

Oficialmente, o verão acaba no dia 20 deste mês, mas, na prática, parece que a estação permanece por vários meses em diversas cidades. Com o calor, muitas pessoas acabam ingerindo uma grande quantidade de bebidas geladas e picolés para amenizar a temperatura. Mas você sabia que algumas destas práticas feitas…

Saiba mais