Categoria: Sorriso Saudável

Eu já perdi as contas de quantas vezes eu disse a vocês que saúde começa pelo boca, não foi? Só que, infelizmente, muitos ainda não acreditam nisso, mas a verdade é que os cuidados com boca contribuem diretamente para o bom funcionamento do organismo. Entretanto, nos últimos dias temos visto um grande aumento no número de casos da COVID-19 no País. Porém, a doença causada pelo novo coronavírus é apenas uma das infecções que têm como porta de entrada, também, a boca das pessoas.
Além dos vírus, fungos e bactérias quando entram no organismo, por ingestão ou pela circulação sanguínea, podem causar um desequilíbrio no funcionamento dos órgãos. Ocasionando vários tipos de doenças como, gastrite, endocardite inflamatória e até mesmo partos prematuros.



As consequências podem ser graves. Podendo, inclusive, levar o paciente a tratamentos mais complexos ou até mesmo a morte. Portanto, a prevenção é de extrema importância. Quando o assunto é nossa saúde, não podemos vacilar. Outra medida que pode nos ajudar a combater as infecções é a conscientização. Quando ajudamos uns aos outros a chance da gente superar períodos como o que estamos vivendo aumentam ainda mais. E não esqueçam nunca: Saúde começa pela boca sim! Então nada de levar a mão até ela sem higienizar antes, hein!


…

INFECÇÃO BUCAL PODE FAZER MAL A OUTROS ÓRGÃOS DO CORPO

Eu já perdi as contas de quantas vezes eu disse a vocês que saúde começa pelo boca, não foi? Só que, infelizmente, muitos ainda não acreditam nisso, mas a verdade é que os cuidados com boca contribuem diretamente para o bom funcionamento do organismo. Entretanto, nos últimos dias temos visto…

Saiba mais
Nunca foi tão fácil ter acesso à informação, apesar disso, muita gente negligencia os cuidados com a saúde, achando que tudo é mais importante do que isso. Uma coisa que, no geral, as pessoas adoram esquecer é que a saúde começa pela boca. E a prevenção continua sendo o melhor cuidado. A situação se agrava quando negligenciamos, também, a saúde bucal das crianças. 

Mas a gente sabe que nem todas as famílias têm condições de cuidar da saúde da boca, como deveria. É aí que entram as ações sociais. E aqui na Clin temos um projeto focado em cuidar do sorriso de crianças carentes. Há oito anos o ‘Por Um Sorriso’ vem cuidando de meninos e meninas em situação de risco social. Durante esses quase dez anos o atendimento odontológico era feito com o ClinMóvel, nosso consultório sobre rodas. Mas desde agosto de 2019, potencializamos a nossa capacidade de transformar vidas e deixamos o nosso projeto ainda maior e muito melhor.

Mais que uma iniciativa, o ‘Por um Sorriso’ é um propósito. Agora, parte das mensalidades dos planos individuais ‘ClinClass’ contratados, se transformam em saúde bucal para crianças carentes, de até dez anos de idade. Esses meninos e meninas ganham um plano odontológico e passam a cuidar do sorriso com os especialistas da nossa rede credenciada. Todas as crianças contempladas são ligadas a instituições beneficentes, cadastradas no nosso projeto, e que ainda recebem  a visita do ClinMóvel, nosso consultório sobre rodas. Durante essas visitas ainda acontecem oficinas de atividades lúdicas, conduzidas pelos nossos colaboradores/voluntários. Enquanto os pequenos aguardam atendimento no ClinMóvel, pintam, desenham, decoram cupcakes e aprendem a cuidar dos dentinhos da melhor forma que existe: brincando!   

Você precisa saber: Cerca de 80% das crianças, com menos de cinco anos, no Brasil, nunca consultaram um dentista. Hoje a cárie dentária é considerada, mundialmente, um problema de saúde pública. Um descuido com a higiene bucal pode impactar o desenvolvimento físico, social, de qualidade de vida e de aprendizagem das crianças.  Ainda bebê, sem dentes aparentes, a escovação é desnecessária. Mas é de extrema importância que os pais façam a higienização da boca do nenê com uma gaze umidificada na água mineral. No entanto, a partir do nascimento do primeiro dentinho de leite, a visita ao dentista se torna essencial. Os pais também devem explicar às crianças maiores sobre a importância de ter uma escovação correta e os perigos de não ter uma saúde bucal adequada. Prevenção é a chave de um sorriso saudável. Por isso se conscientizar desses cuidados, desde cedo é tão importante.

Clica aqui nesse site pra ver um pouco mais sobre o projeto Por Um Sorriso 🙂 

http://porumsorriso.planoclin.com.br

https://vimeo.com/367904228…

Projeto social leva saúde bucal a crianças carentes

Nunca foi tão fácil ter acesso à informação, apesar disso, muita gente negligencia os cuidados com a saúde, achando que tudo é mais importante do que isso. Uma coisa que, no geral, as pessoas adoram esquecer é que a saúde começa pela boca. E a prevenção continua sendo o melhor…

Saiba mais
O carnaval já tá batendo na porta, e muitos foliões não vêem a hora de cair na folia. Bloquinhos, bebida e muita paquera são praticamente o combo desses 4 dias de festa. Porém muita gente foca só na diversão e esquece da saúde. Principalmente da saúde bucal. Por isso, hoje eu trouxe algumas dicas pra você aproveitar o carnaval sem deixar de lado a saúde da sua boca.
1- Proteja seus lábios e mantenha-se hidratado
Quem curte um carnaval de rua sabe que o sol não perdoa ninguém, portanto é importante usar um protetor labial, pois a exposição excessiva aos raios solares pode causar herpes labial. Além disso é essencial que você esteja sempre hidratado, e dê preferência aos alimentos ricos em vitamina C. Porque além de refrescantes, eles ajudarão você a aumentar a imunidade e aguentar os dias de festa sem perder o pique.
2 – “Beba com moderação”
Ouvimos tanto essa frase nos comerciais de cerveja, que praticamente ignoramos a mensagem que ela nos traz. Mas o consumo excessivo de álcool, atrelado ao calor do verão, contribui diretamente com a desidratação dos foliões. Sem contar que ele também é um dos causadores do mau hálito. Por isso, alimente-se bem, e manere na bebida, tá?
3 – Beijar é bom, mas cuidado!
Beijar na boca é extremamente prazeroso, né? Mas como tudo na vida, CUIDADO com os excessos! A mononucleose, conhecida também como doença do beijo, tem sua maior taxa de contaminação na época do carnaval. Então aqui vai um alerta: Na hora da “pegação” cuidado redobrado com a saúde bucal. E caso sinta algum sintoma da doença do beijo (fadiga, mal-estar, dor de garganta que não melhora com o uso de antibióticos ou febre), procure imediatamente um médico infectologista.
4 – Escovação
Nunca saia de casa sem fazer a higienização da sua boca com a escovação e o uso do fio dental. Apesar desses serem cuidados básicos, muita gente ignora a boa limpeza da boca e coloca em risco não só a saúde bucal, mas também abre espaço pra outras doenças surgirem. Como a gente sempre diz: a saúde começa pela boca.

Bom carnaval!…

Carnaval e saúde: Fique ligado nas dicas para os dias de folia

O carnaval já tá batendo na porta, e muitos foliões não vêem a hora de cair na folia. Bloquinhos, bebida e muita paquera são praticamente o combo desses 4 dias de festa. Porém muita gente foca só na diversão e esquece da saúde. Principalmente da saúde bucal. Por isso, hoje…

Saiba mais
A criança corre, se esconde, chora, grita e faz qualquer negócio para que a hora da escovação seja deixada de lado. Vários pais contam episódios destes dentro de casa, mas como fazer para evitar esse tipo de situação?
A informação é sempre a melhor arma para ganhar a batalha em prol da saúde bucal. Uma boa estratégia é explicar a criança por quê escovar os dentes é tão importante. Quem pode ajudar a desmistificar os cuidados e como fazer a higiene diária fique mais fácil é o odontopediatra. “As visitas ao dentista devem começar logo cedo. Assim, o especialista já pode começar de pequenininho os cuidados adequados. Para ajudar com a missão da escovação indico que os pais comprem escova de dentes com bichinhos, para ajudar que a criança se interesse pelo momento. Se a criança quiser escovar sozinha, o adulto pode assessorar e depois pedir para finalizar a tarefa”, explica a odontopediatra, Dra. Maria Jaci Tiburcio.
Além do diálogo, para ajudar a escovação, os pais também podem convidar os brinquedos que o pequeno mais goste para se juntar a farra da escovação na pia. Assim, o que antes era um sofrimento, pode virar uma folia em família. Outro artifício é escolher o sabor que a criança preferir para o creme dental. Isso pode ser uma mão na roda, caso uma das razões para a resistência seja o sabor da pasta. Vale frisar que cremes com efeito branqueador devem ser evitados, assim como o adulto responsável deve chamar a atenção da criança para não engolir a pasta por causa do Flúor, que em excesso pode ser prejudicial ao organismo.
Ficar sem cuidar da saúde bucal é algo impensável. “A falta de escovação e higienização pode causar gengivite, mau hálito, lesões na boca e endocardite bacteriana”, explica Dra. Maria Jaci. Ou seja, não dá para deixar a criança sem realizar a escovação. Isso pode gerar um problema de saúde sério que pode ser totalmente evitável.…

Socorro! Meu filho não quer escovar os dentes!

A criança corre, se esconde, chora, grita e faz qualquer negócio para que a hora da escovação seja deixada de lado. Vários pais contam episódios destes dentro de casa, mas como fazer para evitar esse tipo de situação? A informação é sempre a melhor arma para ganhar a batalha em prol…

Saiba mais
A educação é um grande aliado em qualquer fase do desenvolvimento de uma pessoa. Na infância, então, quando o indivíduo está desenvolvendo personalidade, hábitos e traços de caráter, nem se fala.
Utilizando elementos lúdicos é possível prevenir males que atingem a saúde bucal, o medo do dentista e estimular o gosto por escovar os dentinhos, cultivando o sorriso saudável.
Para ajudar com esse tema, confira abaixo alguns livros que podem ajudar a trabalhar a temática com os pequenos:
1)    Quem tem medo de dentista? – Fanny Jole e Jean Nöel Rochut
Sinopse: É difícil ficar tranquilo em um cenário de fios retorcidos, brocas, alicates assustadores e dentaduras expostas. Este livro faz parte da série “Quem tem medo…” e ajuda a desmistificar os medos mais comuns na infância.
2)    E o dente ainda doía – Ana Terra
Sinopse: Jacaré gosta de tomar banho de sol, folgado e largado. Mas este não conseguia descansar com uma tremenda dor de dente que lhe deu… Ah, coitado do jacaré! Vieram coelhos, sapos, ratos, tatus, toupeiras, patinhos e outros bichos para ajudar… Mas, e o dente? O dente ainda doía! Descubra como essa história vai acabar com este livro que brinca com os números, em ritmo de lengalenga e bastante diversão!
3)    Crocodilo e o dentista – Taro Gomi
Sinopse: O Crocodilo não queria parar de brincar, mas precisa se cuidar: está com dor de dente! No consultório, dentista e crocodilo se trombam, com medo e respeito. O que um diz, o outro repete. Como será que eles vão se sair?
4)    Billie B. Brown, Meu dente caiu! – Sally Rippin
Sinopse: Você tem um dente mole na boca? Billie tinha um e estava ansiosa esperando que ele caísse. Todos acharam graça e se ofereceram para ajudar. O pai queria puxar o dente com um barbante. O melhor amigo dela, o Jack, sugeriu que ela mordesse uma maçã. Porém não foi preciso nada disso: bastou uma queda no recreio e lá se foi o dente voando para o chão! Empolgada, ela nem se preocupou com os joelhos machucados, só pensava na linda moeda dourada que ganharia da Fada do Dente! Mas, de repente, que susto! O dente sumiu! Procura daqui, dali e nada! Billie estava muito preocupada, pois agora a fada certamente não viria. Mas ela é uma garota muito esperta e logo tem uma grande ideia. O que será que a sardenta (e agora banguela) Billie B. Brown vai fazer? Ela conseguirá sua valiosa moeda? Venha logo descobrir!
5)    O menino que detestava escovar os dentes – Zehra Hicks
Sinopse: “Billy odeia escovas de dentes, por isso, sempre está com os dentes sujos! Ainda mais quando pode fazer tantas outras coisas, em vez de escovar os dentes… Mas Billy nunca havia visto uma escova brilhante antes. Tantas coisas legais que você pode fazer com ela! Mas, será que uma dessas coisas é escovar os dentes? “…

Livros que ajudam as crianças a cuidarem mais dos dentinhos

A educação é um grande aliado em qualquer fase do desenvolvimento de uma pessoa. Na infância, então, quando o indivíduo está desenvolvendo personalidade, hábitos e traços de caráter, nem se fala. Utilizando elementos lúdicos é possível prevenir males que atingem a saúde bucal, o medo do dentista e estimular o gosto…

Saiba mais